A Profecia de Mídria – Kel Costa

0
295

Serafine ainda bebê foi deixada na porta de Mégara e Alanor, um casal que tinha um pouco de posses na Vila do Sol, sendo assim adotada por eles.

Os anos se passaram e Serafine cresceu , ela agora está prestes a completar 18 anos, uma idade já considerada avançada para ainda não ter se casado, mas seus pais não a obrigação a nada, sabendo que sua filha não tinha a vocação para ser dona de casa, mas sim uma guerreira.

Serafine tinha uma característica que seus pais tentavam esconder de todos por remetem a reação dos moradores da Vila.

“ Para a Vila, Serafine era uma jovem comum, uma humana com atitudes nada convencionais. Para seus pais, porém, sempre haveria algo mais. “  Página 19

Um belo dia a pacata Vila recebe dois visitantes misteriosos, deixando Serafine bem curiosa, mas o que ela não esperava era que eles fossem salva-la de um ataque que ninguém esperava.

Yvela e Jarek a partir de agora, seriam os guardiões de Serafine e a ajudariam em cada etapa de sua jornada para descobrir sua origem e qual seria seu destino.

Quando eles foram para o reino da Floresta, Serafine teve uma revelação e também descobriu junto com seus guardiões que estavam sendo traídos.

Ela continua sem saber nada, mas aos poucos vai vendo que todos a olham com esperança, para uma Warthia livre das forças malignas, mas antes de saber sua real missão, tem que passar por um ritual, mas antes teria que trazer o mestre do primeiro elemento para treina-la e Yvela e Jarek foram com ela e nessa jornada descobriu que tinha mais um guardião, Guillian.

Finalmente chega o grande dia e Serafine já toma ciência do que irá enfrentar, então rapidamente começa seu treinamento.

Enquanto treinava, o lugar onde estava foi atacado e aconteceram coisas que fizeram despertar o grande poder do elemento que estava treinando.

Após esse episódio, ela parte com seus guardiões para se apresentar ao novo mestre para dar a continuidade ao treinamento.

Tive o prazer de reler essa história e me encantei mais uma vez com o  espírito de justiça de Serafine, a determinação de Jarek, força e carisma de Yvela e o astuto Guillian.

Mais uma vez me peguei chorando horrores com um grande acontecimento na história, não creio até hoje que a autora foi capaz de fazer isso e olha que já tinha lido a história, mas parecia que era  a primeira vez

A narrativa da autora é maravilhosa, impossível não se sentir conectada com a história.

Capa, diagramação e revisão estão perfeitas!!

Que venha A Fortaleza do Dragão!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here