It: a coisa – Stephen King

0
382

Meu primeiro contato com o autor, seus livros já são conhecidos por todos os leitores ao redor do mundo, se você não leu algum dos seus diversos livros, ao menos já ouviu falar, assim como eu.

Sinopse: Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e… do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry. Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permanece em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa. Em ‘It – A Coisa’, clássico de Stephen King em nova edição, os amigos irão até o fim, mesmo que isso signifique ultrapassar os próprios limites.

Este livro é ENORME, confesso que quando ouvi falar dos livros do King, o que sempre estava em evidencia era “It”, porém suas mais de mil páginas faziam meu cérebro pirar, só pelo fato de querer ler, mas essa vontade passou, e só agora que voltou com tudo. Após assistir o remake lançado no ano passado, eu fiz questão de adicionar nas minhas metas de leituras e fiz o seguinte proposito: Que se eu não lesse naquele ano, a leitura não passaria do próximo. E es que o próximo chegou e não tive escapatória a não ser encarar.

Mas a primeira coisa que ouvi quando comentei que iria ler este livro e vou repetir para vocês, é que você não se preocupe com a quantidade de páginas, pois o livro é escrito com tanto mistério que isso aguça sua curiosidade que quando você percebe, já avançou mais do que propôs para aquele dia. O que torna o livro tão extenso é que o autor quer trazer todo os contextos da historia para o leitor, não de uma forma muito descritiva, não que ele não seja, pelo contrário, em certas partes ele é, mas ele é grande por explica algo tentando trazer sentido para aquilo que pode acontecer mais pra frente.

O que mais me chama a atenção para o livro, é a amizade dos protagonistas, que o tempo passa, mas eles “permanecem de pé”. Como é explicado na sinopse, os acontecimentos envolvendo o palhaço “Pennywise” estão começando a se repetir e somente o grupo de amigos que já derrotaram a criatura no passado tem condição de tentar uma outra vez. Derry é uma cidade completamente dominada pela “Coisa” que pode assumir várias formas e se tornar aquilo que você mais tem medo. E com isso ele se alimenta das vítimas, principalmente de crianças.

Eu estou contado de forma bem linear até agora, mas o autor optou por intercalar entre os acontecimentos do passado e os de quase trinta anos depois. Isso gerou um período de confusão na minha cabeça, pois precisava ler com tremenda atenção para não me perder na linha narrativa. Mas com o habito e familiaridade na história, você começa a entender. E seguir com leitura é consequência.

Porém conforme fui chegando no final, eu comecei a não concordar tanto com o autor em alguns pontos e eu achei desnecessários algumas explicações ou até muito fantasiosa, mas isso é a minha opinião, possa ser que você ao ler não pense como eu… Vou parar por aqui para não gerar spoiler, mas já adianto que se por algum motivo você optou em ler esse livro, eu aconselho a encara-lo logo, pois é um bom entretenimento.

Eu tenho o físico que além de ser grande fica lindo da estante e no final você sente orgulho de ter lido um livro daquele tamanho. Apesar da quantidade de páginas, eu achei o livro bem diagramado. Não gosto tanto da capa, apesar de ter a ver com a coisa. Dei 4/5 estrelas no Skoob, só não fechou com cinco, por causa dos conflitos de opiniões entre o texto e eu (rsrs) em algumas partes, mas se você quer fugir da sua zona de conforto na leitura, esse livro é uma ótima pedida.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here