Lily Freitas

1
859

  1. Fale-nos um pouco de você.
    Sou uma professora de História apaixonada por livros e comecei a desenvolver o meu amor pela leitura quando conheci os gibis. O primeiro livro que li foi A Droga da Obediência, de Pedro Bandeira, depois disso não parei de ler e passei a escrever pequenos textos. O amor pelos livros passou a fazer parte da minha vida, até que recentemente passei a escrever romances e hoje não me imagino mais sem estar envolvida na criação de novas histórias.

  2. O que vc fazia/faz além de escrever? De onde veio a inspiração para a escrita?
    Eu leciono História desde o sexto ano até o ensino médio.  
    A minha inspiração vem de qualquer situação que eu observe no meu dia a dia.
  1. Qual a melhor coisa em escrever?
    É viver novas vidas e sentir os sentimentos dos meus personagens.

  2. Você tem um cantinho especial para escrever? (envie-nos uma foto)
    Antigamente eu escrevia na minha cama, agora organizei um espaço, mas ainda não está como desejo.

  3. Qual seu gênero literário? Já tentou passear em outros gêneros?
    Escrevo romances hots, mas recentemente escrevi um livro de fantasia direcionado especialmente a crianças e pré-adolescentes.

  4. Fale-nos um pouco sobre seu(s) livro(s). Onde encontra inspiração para título e nomes dos personagens?
    Os títulos surgem ao longo da história, já os nomes, eu vou escolhendo de acordo com a personalidade do personagem, mas em alguns casos são homenagens à amigas, como foi o caso da Íris, do livro Enzo, e Gleicielle, de Construindo a Paixão.

  5. Qual tipo de pesquisa você faz para criar o “universo” do livro?
    Depende da história, mas normalmente pesquiso o universo dos meus personagens na internet e em alguns casos pergunto a amigos.

  6. Você se inspira em algum autor ou livros para escrever?
    Eu tenho meus autores favoritos, mas tento seguir o meu ritmo, acho que ter a sua identidade no que escreve essencial.

  7. Você já teve dificuldade em publicar algum livro? Teve algum livro que não conseguiu ser publicado? Tive problemas com o primeiro livro que publiquei em físico, os outros só fiz no formato digital e foi super tranquilo.

  8. O que você acha do novo cenário da literatura nacional?
    Acho que estamos ganhando espaço aos poucos, hoje existe um número expressivo de leitores que fazem questão de ler o que é produzido aqui, mas é claro que nós ainda temos muito o que conquistar, principalmente conseguir espaço nas grandes editoras.

  9. Recentemente surgiram vários pessoas lançando livros nacionais, uns são muito bons, outros nem tanto, outros são até desesperadores, o que você acha sobre este boom?
    É um avanço incrível, e quem realmente faz um bom trabalho, vai conseguir se manter nesse novo cenário da literatura nacional.

  10. Qual sua opinião sobre os preços elevados dos livros nacionais?
    Lamentável, esse elevado preço dos livros é um fator que acaba afastando o leitor.

  11. Qual livro você falaria: “queria ter tido esta ideia”?
    Todos os livros da Série Novas Espécies da Laurann Dohner.

  12. Se tivesse que escolher uma trilha sonora para seus livros qual seria? (nome da musica + cantor)
    Home, Michael Bublé.

  13. Já leu algum livro que tenha considerado “o livro de sua vida”?
    Extraordinário, de R.J Palacio.

  14. Você tem novos projetos em mente? Se sim, pode falar sobre eles?
    Tenho dois novos projetos, todos relacionados a romances, mas ainda não posso falar, estou na fase de desenvolvimento de ambas as histórias.

  15. Você acompanha as críticas feitas por blogueiros nas redes sociais? O que você acha sobre isso?
    Sempre que posso tento ficar por dentro. Acho que a opinião deve sempre ser respeitada, principalmente quando ela é feita para o crescimento profissional do autor.

  16. Se pudesse escolher um leitor para seu livro (escritor, alguém que admire) quem seria?
    Maurício Gomide

  17. Qual a maior alegria para um escritor?
    Ver a sua história conquistar o coração do seu leitor.

  18. Deixe uma mensagem a nossos leitores e para aqueles que estejam iniciando no mundo da escrita literária.
    Leitores, nunca deixem de apoiar o seu autor, o carinho de vocês é fundamental para seguirmos em frente. Autores, não desistam, jamais desanimem no primeiro obstáculo, a perseverança é o segredo do sucesso.

 

Um comentário

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here