Nunca é tarde para mudar – Monica de Castro

0
573

Esse livro foi lido em parceria da Arca Literária e a Editora Planeta. Trata-se de um romance espírita.

Eu particularmente gosto muito de livros deste gênero. São de simples leitura, muito detalhistas e a história sempre tem um “moral da história” no final.

Nunca é tarde para mudar não poderia ser diferente.

Da autora de O melhor amigo do inimigo, também lido por mim, que vocês podem conferir a resenha aqui, conta a história de 6 pessoas e em especial de Bruno.

Bruno é um rapaz problemático, de pensamentos estranhos e extremistas.

Fechado no seu mundo, mesmo vindo de família católica se interessa pelo islamismo. Mas não o que prega a paz e o amor, mas o que prega o fazer tudo por Alá, mesmo matar ou morrer.

Noites e noites vendo vídeos que exaltam esse tipo de atitude, ele é influenciado pelos desencarnados Saydi, Omar e Mustafa a cometer algumas insanidades.

Junto com a história de Bruno é contada a Simone, sua irmã e de Daniel, seu namorado. Ela católica, com 16 anos e ele judeu, alguns anos mais velho, vivem um romance lindo, paixão que supera a diferença de religião, que no começo é questionada pelo seu irmão Ismael, também judeu, mas mais tradicional.

Ismael namora Joyce uma garota que ao longo do livro se mostra uma pessoa muito ciumenta a ponto de deixá-lo com medo.

Mesmo em um romance com Joyce, Ismael se vê apaixonado por outra mulher, Tamara, prima de sua namorada que por sua vez é motivo dos sonhos mais obscuros de Bruno.

A obsessão por Tamara faz com que Bruno cometa os atos mais condenáveis culminando em um ataque a uma escola.

O livro mesmo sendo uma história real não é baseado em um único fato, é como uma colcha de retalhos de vários episódios com as mesmas características. (a autora explica isso logo nas primeiras páginas).

E o que acontece no final? Há arrependimento?

Leia!

Recomendo mesmo para que não tem o costume de ler livros espíritas pois a história é mais próxima de nós que imaginamos.

Muito bom, me deu mais vontade de continuar lendo os livros dessa autora. Muito bem escrito.

Só teve um probleminha, encontrei alguns errinhos de revisão, como nome de personagens trocados ao longo de alguns diálogos.

Outra coisa é o nome do livro, well, não tem muito a ver com a história.

O livro é viciante, li ele em dois dias. 319 páginas de pura emoção!

Super recomendo!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here