Os livros e as pessoas que se foram.

0
363

Os livros e as pessoas que se foram.

 

Muita gente vive  uma vida inteira e muitas vezes se esquece daquilo que passou. Quando lhe falam que o passado é coisa de museu eu afirmo que isso é pura balela.

Tudo o que vivemos e sentimos anteriormente nos afeta no futuro.

É possível que a maioria das pessoas não consiga se recordar do primeiro livro que leu. E como isso é importante? Ora, vamos analisar… Provavelmente foi esse primeiro exemplar literário que o levou a entrar no mágico mundo da literatura. Esse universo de personagens e locais que fizeram o leitor a viajar por lugares que nunca havia imaginado, seja fictício ou real, possibilitou à pessoa um aumento de cultura. Dentro desse universo, algo o fez gostar (ou não) de acompanhar histórias divertidas, dramáticas, que assustam, ou que se tornam épicas.

E tenho certeza que após esse primeiro livro vieram muitos outros, que podem ser contados ou simplesmente ignorados devido a imensa quantidade. Não importa a qualidade, os livros fazem parte do cotidiano das pessoas, assim como filmes, séries e novelas.

A capacidade de imaginar (ou se imaginar) incentivou milhões de pessoas a serem adultos melhores, que se divertem e divertem seus filhos.

Da mesma forma são as pessoas.

Esta semana fiquei imaginando o que teria acontecido a todas aquelas pessoas que conheci durante minha vida. Dos primeiros amigos na escola aos primeiros vizinhos. O que estão fazendo? estarão vivos? Trabalhando? Estudando? Casaram, tiveram filhos? Se tornaram leitores?

Assim como a água que corre nos rios, diversas dessas pessoas chegam à nossa vida e vão, deixando rastros de sua passagem. Uns mais fortes que outros, com certeza, mas ainda assim a lembrança é indelével.

Impressiona a quantidade de pessoas que conhecemos e deixamos para trás. E impressiona mais ainda a mínima quantidade dessas mesmas pessoas que acompanharam a nossa vida. Ou melhor dizendo, que não nos abandonaram ou que, de uma forma ou de outra, retornaram ao nosso ambiente de vida.

Tentem lembrar com carinho dos primeiros livros que os iniciaram no Universo Literário, assim como das pessoas que nos ofereceram os seus primeiros sentimentos que forjaram o nosso caráter no decorrer de nossas vidas.

Antonio Henrique Fernandes Neto

Colunista

www.navioerrante.blogspot.com.br

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here