1. O que você fazia/faz além de escrever? De onde veio a inspiração para a escrita?
    Trabalho como advogado e dou aulas em faculdades. Gosto muito de ler e escrever. 
  2. Qual a melhor coisa em escrever?
    Você espairece e descansa a alma.
  3. Você tem um cantinho especial para escrever?
    Não.
  4. Qual seu gênero literário? Já tentou passear em outros gêneros?
    Prosa e poesias. Sim.
  5. Fale-nos um pouco sobre seu (s) livro (s). Onde encontra inspiração para título e nomes dos personagens?
    Os nomes são inspirados em artistas brasileiros que marcaram época.
  6. Qual tipo de pesquisa você faz para criar o “universo” do livro?
    Pesquisa de campo, observo muito pessoas e seus respectivos comportamentos.
  7. Você se inspira em algum autor ou livros para escrever?
    Machado de Assis
  8. Você já teve dificuldade em publicar algum livro? Teve algum livro que não conseguiu ser publicado?
    Sim. Não.
  9. O que você acha do novo cenário da literatura nacional?
    Pouco divulgado e de difícil acesso.
  10. Recentemente surgiram várias pessoas lançando livros nacionais, uns são muito bons, outros nem tanto, outros são até desesperadores, o que você acha sobre este boom?
    Acho ótimo, se for bem conduzido pelos profissionais competentes, da área de editoração, metodologia, entre outras. Deve haver um controle de qualidade também.
  11. Qual sua opinião sobre os preços elevados dos livros nacionais?
    São ruins porque dificultam muito o acesso
  12. Qual livro você falaria: “queria ter tido esta ideia”?
    Dom Casmurro
  13. Se tivesse que escolher uma trilha sonora para seus livros qual seria? (nome da música + cantor)
    Sweet Home Alabama, da banda Lynard Skynard
  14. Já leu algum livro que tenha considerado “o livro de sua vida”?
    Sim.
  15. Você tem novos projetos em mente? Se sim, pode falar sobre eles?
    Sim. Quero concluir o mestrado e, depois, doutorado e pós-doutorado.
  16. Você acompanha as críticas feitas por blogueiros nas redes sociais? O que você acha sobre isso?
    Sim. Acho interessantes se forem construtivas. A crítica pela crítica de nada vale.
  17. Se pudesse escolher um leitor para seu livro (escritor, alguém que admire) quem seria?
    Jô Soares
  18. Qual a maior alegria para um escritor?
    Atingir público variado.
  19. Deixe uma mensagem a nossos leitores e para aqueles que estejam iniciando no mundo da escrita literária.
    Leia Muito! Tudo o que puder! Transformará sua Vida!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here