1. Fale-nos um pouco de você.
    Vivo da leitura e da escrita, pois sou professora e meu ofício exige isso.
  2. O que você fazia/faz além de escrever? De onde veio a inspiração para a escrita?
    Sou professora universitária. A inspiração vem de tudo o que envolve a vida.
  3. Qual a melhor coisa em escrever?
    Sentir-se livre.
  4. Você tem um cantinho especial para escrever? 
    Não tenho lugar especial.
  5. Qual seu gênero literário? Já tentou passear em outros gêneros?
    Meu gênero preferido é a poesia, mas tenho me arriscado na prosa.
  6. Fale-nos um pouco sobre seu (s) livro (s). Onde encontra inspiração para título e nomes dos personagens?
    Meus livros são de poesia e os títulos vêm do que sinto em relação ao conjunto dos textos ou o que estes dizem sobre mim.
  7. Qual tipo de pesquisa você faz para criar o “universo” do livro?
    Para poesia, não faço pesquisa.
  8. Você se inspira em algum autor ou livros para escrever?
    Sim, tenho vários autores que amo, como Cecília Meireles, Afonso Romano de Sant’Anna, Vinícius de Morais, Conceição Evaristo, dentre outros.
  9. Você já teve dificuldade em publicar algum livro? Teve algum livro que não conseguiu ser publicado?
    Até aqui não tive problemas porque financiei todos os livros.
  10. O que você acha do novo cenário da literatura nacional?
    Acho bastante produtivo, com muitas autoras e muitos autores jovens com bastante talento.
  11. Recentemente surgiram várias pessoas lançando livros nacionais, uns são muito bons, outros nem tanto, outros são até desesperadores, o que você acha sobre este boom?
    Isso ocorre em todas as áreas, nem sempre tudo o que se produz é de qualidade.
  12. Qual sua opinião sobre os preços elevados dos livros nacionais?
    Os impostos praticados no Brasil encarecem todos os produtos. Pagamos sempre muito caro.
  13. Qual livro você falaria: “queria ter tido esta ideia”?
    Muitos que nem saberia dizer quais.
  14. Se tivesse que escolher uma trilha sonora para seus livros qual seria? (nome da música + cantor)
    Carinhoso, de Pixinguinha.
  15. Já leu algum livro que tenha considerado “o livro de sua vida”?
    Sim.
  16. Você tem novos projetos em mente? Se sim, pode falar sobre eles?
    Tenho vários projetos: um livro infantil e outro de poemas curtos, como haicais.
  17. Você acompanha as críticas feitas por blogueiros nas redes sociais?
    O que você acha sobre isso? Acompanho muito pouco e por isso não tenho uma opinião formada.
  18. Se pudesse escolher um leitor para seu livro (escritor, alguém que admire) quem seria?
    Afonso Romano de Sant’Anna
  19. Qual a maior alegria para um escritor?
    Saber que aquilo que escreveu toca a alma e o coração de alguém.
  20. Deixe uma mensagem a nossos leitores e para aqueles que estejam iniciando no mundo da escrita literária.
    Ler é conhecer o mundo. Viaje sempre por esse caminho.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here