Tamar Facchinetti

0
544
  1. Fale-nos um pouco de você.

Carioca, morando desde pequena em Niterói cidade que aprendi a amar. Solteira por opção, gosto de viajar, cinema, shows, teatro e conversar com amigos. E amo ler! A leitura me levou a viajar pelo mundo e daí comecei a escrever.

  1. O que você fazia/faz além de escrever? De onde veio a inspiração para a escrita?

Sou formada em comunicação Social, mas trabalhei em algumas empresas de secretária, e gerente. Atualmente sou proprietária Quiosque de plantas.

Depois que li o livro, Comer Rezar e Amar achei que era hora de colocar o meu sonho de escrever em prática

  1. Qual a melhor coisa em escrever?

É uma sensação de realização a cada conto a cada livro

  1. Você tem um cantinho especial para escrever? (Envie-nos uma foto)

Geralmente eu escrevo na bagunça do meu quarto

  1. Qual seu gênero literário? Já tentou passear em outros gêneros?

Romance divertido e suspense

Estou tentada a escrever um conto de Terror: “3:33 A hora do Demônio” mas tá sendo um desafio, que não sei se vou conseguir

  1. Fale-nos um pouco sobre seu (s) livro (s). Onde encontra inspiração  para título e nomes dos personagens?

“Amores e Enganos” foi meu primeiro e único ( por enquanto ) livro publicado. Eu tinha terminado um relacionamento, onde me senti enganada pelo meu namorado, e ai veio a inspiração do título. Já os personagens, pode ser alguém que conheci no meu passado, ou aquela estória de alguém nunca contada, e ai eu a modifico e dou uma outra vida, e também crio da minha intuição.

  1. Qual tipo de pesquisa você faz para criar o “universo” do livro?

Hoje em dia com a Internet, ficou mais fácil de pesquisar lugares e pessoas.

Em “Amores e Enganos” foi uma mistura pois o livro tem muito de mim, então usei lugares onde estive. Já na Antologia do Serial Killer,  andei lendo sobre personalidades e o que os motiva para cometer certos tipos de crimes.

  1. Você se inspira em algum autor ou livros para escrever?

Não, embora eu seja uma leitora compulsiva.

  1. Você já teve dificuldade em publicar algum livro? Teve algum livro que não conseguiu ser publicado?

Amores e Enganos foi meu primeiro livro, e na época uma amiga, que também é escritora e Tarôloga me indicou um editor da Multifoco, que gostou e publiquei em 2015, sendo a noite de autógrafos em abril de 2015.

  1. O que você acha do novo cenário da literatura nacional?

Está mais aberto, tem mais oportunidades acontecendo.

  1. Recentemente surgiram várias pessoas lançando livros nacionais, uns são muito bons, outros nem tanto, outros são até desesperadores, o que você acha sobre este boom?

Acho que é bom pois mais pessoas tem a oportunidade de mostrarem o seu talento, assim como eu!

  1. Qual sua opinião sobre os preços elevados dos livros nacionais?

Realmente Deveriam ser mais em conta, para que todos pudessem comprar

  1. Qual livro você falaria: “queria ter tido esta ideia”?

A menina que roubava livros do Markus Zusak

  1. Se tivesse que escolher uma trilha sonora para seus livros qual seria? (nome da música + cantor)

Amores e Enganos, Como uma Onda do Lulu Santos;

Sempre às sextas, ( conto Serial Killer ) Trilher do Michael Jacson

  1. Já leu algum livro que tenha considerado “o livro de sua vida”?

Alguns anos eu li e me apaixonei pelo livro: Fernão Capelo Gaivota do Richard Bach, ele ainda é o meu livro de cabeceira.

  1. Você tem novos projetos em mente? Se sim, pode falar sobre eles?

Estou escrevendo um novo livro, vai ser um romance mas tem todo um suspense, pois a mocinha sofre um atentado.

E aberta para novas oportunidades como tá sendo escrever um conto para a Antologia “Serial Killer”

  1. Você acompanha as críticas feitas por blogueiros nas redes sociais? O que você acha sobre isso?

Não acompanho nenhum bloqueio, isso é um lapso que tenho de consertar.

  1. Se pudesse escolher um leitor para seu livro (escritor, alguém que admire) quem seria?

Admiro a Marta Medeiros, Jô Soares e Glória Perez

  1. Qual a maior alegria para um escritor?

Maior alegria pra mim seria poder ganhar o meu sustento como escritora, e claro ser reconhecida como tal.

  1. Deixe uma mensagem a nossos leitores e para aqueles que estejam iniciando no mundo da escrita literária.

Nada nessa vida é fácil, mas se você ama escrever vá em frente não desista.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here